MEIO SONETO PARA O FUTURO AMOR – Emílio Figueira / Poesias



Vou te encontrar em mais um soneto
E nele, perpetuar-te para a posteridade
Fazer do desencontro, um encontro
Repousar em ti... Minha ansiedade.

Quero ser único... Único em tua vida
Chamar-te de minha... Sendo só eu
Ao teu ouvido, falar poemas de momento
Jamais publicados... Tão somente teus!

Deixe um Comentário

Olá, ficarei muito feliz se você puder comentar este texto.
Um abração!
Emílio Figueira

Postagem Anterior Próxima Postagem